Linhas de Pesquisa

A Linha de Pesquisa é um campo temático-científico que articula pesquisadores em torno de subáreas ou objetos de estudo, visando à produção do conhecimento e assegurando a formação teórico-prática de pós-graduandos. As Linhas de Pesquisa são compostas por Eixos Temáticos.

Avaliação Educacional (NAVE)

Esta linha de pesquisa envolve uma preocupação com os fundamentos e práticas de avaliação, que se articulam com três áreas temáticas: Avaliação da Aprendizagem, Avaliação de Instituições escolares e Avaliação de Políticas públicas. Investiga o desenvolvimento e/ou criação de modelos em avaliação e instrumentos de medidas para uso em sala de aula, em projetos e em sistemas educacionais, comportando projetos de investigação sobre os procedimentos de avaliação do ensino fundamental e médio, programas especiais de avaliação institucional, objetivando, em particular, contribuir para a definição e ampliação de instrumentos capazes de avaliar o desempenho das instituições de ensino superior; ocupa-se ainda, com a concepção de estratégias de acompanhamento de políticas sociais de espectro mais amplo.

Essa linha apresenta 2 (dois) eixos temáticos:

Avaliação Ensino-Aprendizagem: Adriana Eufrásio Braga; Ana Paula de Medeiros Ribeiro; Maria Isabel Filgueiras Lima Ciasca e Tania Vicente Viana;

Avaliação Institucional: Marcos Antônio Martins Lima e Wagner Bandeira Andriola.


Educação, Currículo e Ensino (LECE)

Estuda os aspectos filosóficos, históricos, sócio-antropológicos, organizacionais e metodológicos do currículo, do ensino e formação docente no âmbito das ciências humanas, exatas e da natureza, incluindo a análise do processo de implantação e utilização de novas tecnologias na educação.

Essa linha apresenta 7 (sete) eixos temáticos:

Aprendiz, Docência e Escola: Luiz Botelho Albuquerque e Paulo Meireles Barguil;

Currículo: José Arimatea Barros Bezerra, Pedro Rogério e Silvia Elizabeth Miranda de Moraes;

Ensino de Ciências: Gilberto Santos Cerqueira e Raquel Crosara Maia Leite;

Ensino de Matemática: Hermínio Borges Neto, Jorge Carvalho Brandão e Maria José Costa dos Santos;

Ensino de Música: Elvis de Azevedo Matos, Luiz Botelho Albuquerque, Marco Antônio Toledo Nascimento e Pedro Rogério;

Formação Docente: Bernadete de Souza Porto e Luís Távora Furtado Ribeiro;

Tecnologias Digitais na Educação: Cassandra Ribeiro Joye, Eduardo Santos Junqueira Rodrigues, Hermínio Borges Neto e José Aires de Castro Filho.


Educação, Estética e Sociedade

Pretende aprofundar a investigação do trabalho como fundamento ontológico do processo de reprodução social (Marx, Lukács), permitindo o tratamento do complexo educacional numa perspectiva histórica, de forma a recuperar as conexões ontológicas entre a sociedade capitalista e a proposta de educação emancipadora. A linha assume como marca investigativa a análise radical e contextualizada dos fenômenos sócio-pedagógicos, ancorada na crítica marxista. A linha mantém relação com o Instituto de Estudos e Pesquisas do Movimento Operário – IMO, da Universidade Estadual do Ceará.
A linha edita a revista eletrônica Arma da Crítica.

Essa linha apresenta 2 (dois) eixos temáticos:

Educação, Formação docente e Sociedade: Francisca Maurilene do Carmo, Josefa Jackline Rabelo, Maria das Dores Mendes Segundo, Osterne Nonato Maia Filho e Valdemarin Coelho Gomes;

Trabalho, Estética e Formação Humana: Francisca Maurilene do Carmo, Josefa Jackline Rabelo, Maria das Dores Mendes Segundo, Osterne Nonato Maia Filho e Valdemarin Coelho Gomes.


Filosofia e Sociologia da Educação (FILOS)

Esta linha têm por objetivo discutir temas relacionados à educação, sobretudo à educação brasileira, a partir de uma variada gama de perspectivas teóricas no âmbito da filosofia e da sociologia.

Essa linha apresenta 4 (quatro) eixos temáticos:

Antropologia da Educação: Alcides Fernando Gussi e Bernadete de Lourdes Ramos Beserra;

Economia Política, Sociabilidade e Educação: Antônia de Abreu Sousa e Elenilce Gomes de Oliveira;

Filosofias da Diferença, Tecnocultura e Educação: Hildemar Luiz Rech e Sylvio de Sousa Gadelha Costa;

Marxismo, Teoria Crítica e Filosofia da Educação: Eduardo Ferreira Chagas e Hildemar Luiz Rech.


História e Educação Comparada (LHEC)

A abertura desta linha se deve à adoção de uma abordagem nova de História da Educação, em perspectiva sócio-histórica e internacional. Pretende aprofundar algumas temáticas afetas à História da Educação Brasileira, tendo em vista o estabelecimento de vínculos mais estreitos com as Histórias nacionais de educação de vários outros países, de quem temos recebido forte influência ou com quem reconhecemos ligações históricas e culturais; seja por meio da circulação de ideias pedagógicas, seja dos modelos políticos de organização dos sistemas escolares nacionais. A LHEC envolve abordagem multidisciplinar e dimensão internacional.

Essa linha apresenta 3 (três) eixos temáticos:

Família, Educação e Sexualidade: Gisafran Nazareno Mota Jucá e Patrícia Helena Carvalho Holanda;

Instituições, Ciências e Práticas Educativas: Almir Leal de Oliveira e Gisafran Nazareno Mota Jucá;

Tecnologias da Informação e Educação a Distância: Antônia Lis de Maria Martins Torres, Gilberto Santos Cerqueira e Hermínio Borges Neto.


História e Memória da Educação (NHIME)

A Linha trabalha a história da educação, da pedagogia, das instituições, das reformas escolares, da formação de professores(as), bem como biografias docentes, ideias, práticas educativas e políticas educacionais. A delimitação temporal e espacial desses estudos vai do passado recente à recuperação histórica dos processos de intervenção governamental e experiências sociais, no campo educacional de um modo geral, no Brasil e no Ceará, apoiado em arquivos públicos e privados, documentos oficiais, fontes jornalísticas e iconográficas, bem como fontes orais. Junto a essa dimensão histórica a Linha trabalha ainda, atualmente, as Práticas Culturais Digitais, a Filosofia da História e questões sobre Ética e Educação. A linha coordena a coleção ‘Diálogos Intempestivos’, nas Edições UFC, que compreende mais de uma centena de títulos científicos publicados e ainda publica em livros e em periódicos diversos na área da Educação.

Essa linha apresenta 3 (três) eixos temáticos:

Filosofia da História, Ética e Educação: Adauto Lopes da Silva Filho, Fátima Maria Nobre Lopes e Francisco Ari de Andrade;

História da Educação, da Pedagogia e das Instituições Escolares: Adauto Lopes da Silva Filho, Francisco Ari de Andrade e Luis Távora Furtado Ribeiro;

História, Memória e Práticas Culturais Digitais: José Gerardo Vasconcelos e José Rogério Santana.


 Linguagens e práticas educativas (LIPED)

Esta linha de pesquisa, constituída de 4 eixos, tem como foco as várias linguagens, práticas educativas e discursos concernentes à educação da infância em espaços coletivos, à educação inclusiva e especial, aos letramentos sociais e acadêmicos, à filosofia, à arte e à corporeidade, bem como à ludicidade, à interculturalidade e às relações etnorraciais. Nesse sentido, as pesquisas nela empreendidas focalizam prioritariamente as crianças e suas infâncias, mas também ampliam seus focos para outras fases e manifestações sociais da vida humana e outros sujeitos, em relação aos quais são estudados a diversidade humana e social, a formação leitora e escritora e as práticas formativas variadas (tanto em espaços escolares como não-escolares), assim como manifestações culturais e imposições deocoloniais, latentes e/ou manifestas, em várias linguagens e práticas educativas de nosso sistema educacional brasileiro.

Essa linha apresenta 4 (quatro) eixos temáticos:

Educação Infantil: práticas pedagógicas e formação de professores: Rosimeire Costa de Andrade Cruz e Silvia Helena Vieira Cruz;

Escola e Educação inclusiva: Adriana Leite Limaverde Gomes e Francisca Geny Lustosa;

Estudos da Linguagem: oralidade, leitura e escrita: Adriana Leite Limaverde Gomes, Ana Paula de Medeiros Ribeiro e Messias Holanda Dieb;

Infâncias: Filosofia, arte e corporeidade: Ana Maria Monte Coelho Frota e Bernadete de Souza Porto.


Movimentos Sociais, Educação Popular e Escola (MOSEP)

A linha de pesquisa traz estudos sobre as diferentes formas de educação que se relacionam com os Movimentos Sociais, em particular com a Educação Popular de inspiração freireana. Envolve estudos que mediam a fronteira da educação formal e novas epistemologias emergentes, bem como temas epistemológicos e suas influências nos processos educativos, próprios à contemporaneidade.

Essa linha apresenta 3 (três) eixos temáticos:

Cultura, História, Filosofias e Pedagogias Afrorreferenciadas: Henrique Antunes Cunha Junior e Sandra Haydée Petit;

Dinâmicas Sociais, Educação no Campo e Educação de Jovens e Adultos (EJA): Eliane Dayse Pontes Furtado;

Educação Ambiental, Cultura de Paz, Juventudes, Educação e práticas corporais, Arte e Espiritualidade:  Ângela Maria Bessa Linhares, Celecina de Maria Veras Sales, João Batista de Albuquerque Figueiredo e Maria Eleni Henrique da Silva.


Trabalho e Educação (LTE)

Estuda as questões relativas as transformações operadas no mundo do trabalho face a reestruturação produtiva e suas implicações para a formação do trabalhador. Tem aberto a possibilidade de estudos e pesquisas com base no aprofundamento da ontologia marxiana, na contribuição de Gramsci e de Luckács e o dialogo com intelectuais marxistas contemporâneos que analisam a crise educacional inserida na crise mais geral da sociabilidade capitalista. É uma área de grande interesse de profissionais da área de Economia, Sociologia e Educação, oriundos de diversas instituições públicas cearenses, atraídos pela importância da discussão teórica e horizonte investigativo que propicia. A linha desenvolve projetos de pesquisa sobre a política educacional vigente, a análise da reforma do Ensino Médio na sua relação com a Política de Formação Profissional e análise da reestruturação do ensino superior. A linha tem promovido a realização de encontros Estaduais envolvendo renomados pesquisadores regionais e nacionais na área de educação, atraindo ampla participação de profissionais da educação e de estudantes universitários do estado.

Essa Linha apresenta 2 (dois) eixos temáticos:

Capitalismo contemporâneo e Política Educacional: Antonia Rozimar Machado e Rocha e Clarice Zientarski;

Trabalho, Práxis e Educação: Hildemar Luiz Rech e Justino de Sousa Júnior.